Nem tudo está perdido



O Mutum-do-sudeste (Crax blumenbachii), espécie de ave preservada pela Cenibra ao longo dos últimos 30 anos, no Vale do Aço, acaba de entrar na lista Internacional de animais salvos da extinção. É o que diz o levantamento de uma equipe mundial de pesquisadores, liderada por cientistas da Newcastle University, do Reino Unido. Eles acreditam que o exemplo de Minas pode se tornar uma importante fonte científica para a elaboração de novas políticas globais de conservação da fauna.

Foi mais uma conquista do Projeto Mutum, já vencedor do Prêmio Hugo Werneck, desenvolvido pela empresa e a Crax, na RPPN Fazenda Macedônia, no município de Ipaba, à margem direita do Rio Doce.

A natureza agradece.