Os três acertos de MARCELO MATTE

Foto: reprodução / Facebook


Visão de longo alcance. Foi o que demonstrou Marcelo Matte (foto), o novo secretário de Cultura e Turismo do Governo Zema. Além de acertar na recondução apolítica e merecida de Eliane Parreiras à presidência da Fundação Clóvis Salgado (Palácio das Artes), ele anunciou a intenção do Estado de implantar uma linha férrea ligando a Praça da Estação, no coração da capital mineira, ao Inhotim, em Brumadinho. A patrocinadora dessa iniciativa será a Vale, como forma de compensar a tragédia ambiental e antiturística ocorrida no Córrego do Feijão.
Matte foi além. Dentro do “pensar globalmente e agir localmente”, que é o outro nome da sustentabilidade, ele anunciou o fechamento, doravante, do entorno da Praça da Liberdade para o trânsito aos domingos. A ideia é promover atividades culturais abertas ao público. “Não faz sentido” – ele justificou – “uma praça que traz a liberdade no nome estar cheia de cercas”.

A natureza agradece.


Próxima Postagem
« Prev Post
Próxima Postagem
Próximo Post »
0 Deixe seu comentário!