Obrigado, Kalil!



Vidas não mais secas agradecem à PBH no Boulevard do Arrudas

Uma semana. Esse foi o tempo gasto pela Prefeitura de Belo Horizonte para se posicionar – e agir – com relação ao abandono e à morte em série, por falta d´água, de quase uma centena de palmeiras exóticas ao longo do Boulevard do Arrudas, na capital mineira. A denúncia, que teve retorno célebre por parte da Secretaria Municipal de Obras e Infraestrutura, foi postada no último dia nove, no site Revista Ecológico, cuja versão impressa irá circular no próximo dia 24, lua cheia de outubro.

Até o feriado do último dia 12, um pequeno exército de funcionários da PBH, munido de ferramentas, camionetes e pequenos guindastes, fez um exemplar mutirão verde. E retirou 36 árvores já mortas. Cortou as folhas secas e podou outras 34 ainda vivas em estado agonizante.

Quanto às palmeiras saudáveis, um terço do total plantado terá o mesmo destino das demais salvas, incluindo as novas mudas substitutas: terra nova, adubo, manutenção e rega permanentes, duas vezes por semana.

Detalhe conspiratório, para não dizer parceiro da prefeitura: as chuvas chegaram juntas à providência de salvá-las.

A natureza humana também agradece.

Parabéns!

Próxima Postagem
« Prev Post
Próxima Postagem
Próximo Post »
0 Deixe seu comentário!