Sem girinos!




Biólogos paranaenses acabaram de descobrir duas novas espécies de sapos no topo das montanhas da Serra do Mar no Paraná: Brachycephalus coloratus e Brachycephalus curupira. Pertencentes ao gênero Brachycephalus, os anfíbios foram localizados na região pertencente à floresta densa atlântica, e foram identificados pelo canto (coaxado).

A pesquisa (publicada na revista científica Peerj) que levou à descoberta foi realizada pela ONG Mater Natura – Instituto de Estudos Ambientais, com o apoio da Fundação Grupo Boticário de Proteção à Natureza. Com medidas que variam de 10 a 12 mm de comprimento, os minissapos sofreram um processo evolutivo chamado miniaturização.

E passaram por outras adaptações específicas no topo das montanhas: as espécies não sabem nadar, têm resistência ao frio, seu desenvolvimento é direto (não passam pela fase de girino) e contam com um número de dedos reduzidos, comparados a outras espécies. 
Próxima Postagem
« Prev Post
Próxima Postagem
Próximo Post »
0 Deixe seu comentário!