Em tempo


O prefeito Marcio Lacerda desistiu de incluir na nova lei orgânica da capital mineira, em discussão, seu projeto original de aproveitar 15% de todas as áreas verdes municipais possíveis, leia-se parques e reservas ecológicas, para outras destinações urbanísticas, como “Minha Casa, Minha Vida”, construção de escolas, postos de saúde etc. Ele prefere discutir caso a caso, e de maneira pontual, sempre que surgir uma possibilidade real nesse sentido. Ou seja, com tempo e sustentabilidade.

A natureza agradece.
Próxima Postagem
« Prev Post
Próxima Postagem
Próximo Post »
0 Deixe seu comentário!