Por um milhão de árvores


Imagem: Guilherme Bergamini/ALMG
O plantio da espécie de número 60 mil do Projeto "Árvore é Vida", pela Associação das Caminhantes da Estrada Real (Acer), marcou as comemorações do “Dia da Árvore” e a entrada da primavera na Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), em BH. O presidente Dinis Pinheiro, acompanhado do presidente da Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, Célio Moreira, plantou uma muda de pau-brasil no jardim do Hall das Bandeiras. Além de simbolizar a data, foi uma justa homenagem às ambientalistas-caminhantes, extensiva aos cerca de 100 alunos do Instituto Coração de Jesus, que expuseram seus trabalhos realizados sobre o meio ambiente.

Ele destacou a importância da presença das crianças na solenidade. “Elas fortalecem o crescimento de uma nova consciência ambiental. Não podemos mais conviver com tantas queimadas, tanto desmatamento”, lamentou. Célio Moreira destacou o papel da ALMG nesse processo. “Como legisladores, somos corresponsáveis pelas ações positivas na defesa do meio ambiente e, por extensão, pela salvação do planeta”. Já Maria Elvira, presidente da Acer, ressaltou caber às crianças e aos jovens um engajamento cada vez maior na luta que ainda está longe de acabar: “Unam-se a nós! Já conseguimos plantar 60 mil novas árvores por onde passamos em toda Minas Gerais. Nosso objetivo é atingirmos um milhão de futuras árvores. E isso é possível!”.

Jogando limpo

Jogando limpo


Em comemoração ao próximo Dia das Crianças, o Programa "Jogue Limpo" e a Ecológico estão distribuindo a revista em quadrinhos “A História da Família Lubis” às 3.800 escolas de Minas. A publicação aborda, de forma lúdica e educativa, o descarte ambientalmente correto de embalagens plásticas de lubrificantes usadas, contribuindo para que este resíduo não vire lixo e não seja jogado em locais inadequados, degradando o meio ambiente. Desde 2005, o programa foi responsável por reciclar mais de 300 milhões de embalagens. Mais informações, acesse programajoguelimpo.com.br

Imprensa verde



Imagem: RMI
Maravilha a capa da última edição da Revista “Meio Ambiente Industrial”, editada pelo colega Júlio Tocalino (foto), em São Paulo. E isso às vésperas de ele realizar, nos próximos dias 11, 12 e 13 de novembro, no Expo Center Norte da capital paulista, a “XVI Feira e Seminário Internacional de Meio Ambiente Industrial e Sustentabilidade – FIMAI 2014”, o maior evento do setor.

Novelis parceira



Imagem: Divulgação
Graças à redução da sua pegada de carbono, a Novelis, líder mundial em laminação e reciclagem de alumínio, foi a única empresa do setor aceita no Programa “Defensores do Clima”, da ONG WWF. “O futuro da nossa economia está nas baixas emissões de CO2, o que é também uma peça-chave da visão da nossa empresa”, comemorou o CEO Phil Martens. No Brasil, a Novelis possui atividades em Pindamonhangaba e Santo André (SP); e também produz alumínio primário em Ouro Preto (MG). A operação local emprega 1.800 pessoas e alcançou a receita de US$ 1,6 bilhão no último ano fiscal. A empresa mantém sete centros de coleta de sucata espalhados no país e conta com o maior centro de reciclagem da América do Sul.

Retorno verde




Imagem: Isabel Baldoni
Distante da cena ambiental desde a queda de uma das alças do viaduto Batalha dos Guararapes, durante a Copa do Mundo, o prefeito de Belo Horizonte, Marcio Lacerda, está de volta. Seu retorno foi no último 21 de setembro, Dia da Árvore, durante a inauguração do Centro de Referência em Saúde Mental Álcool e Drogas (Cersam AD), na capital mineira. Ele e seu vice-prefeito e secretário municipal de Meio Ambiente, Délio Malheiros, plantaram uma muda de ipê-roxo, marcando simbolicamente o plantio das 54 mil novas árvores prometidas pelo Programa “BH Mais Verde”, que conta com um investimento de R$ 17 milhões. A compensação abrange a ordem de três novas árvores para cada uma das 18 mil arrancadas ao longo dos últimos três anos para as obras de mobilidade urbana, incluindo o entorno do novo Mineirão.