Ronaldo desdenha BBB e Vasco esverdeia Lacerda





Clique na foto para ampliar

Ao abrir o seminário sobre “A Informação e o Meio Ambiente, Ronaldo Vasconcellos, presidente da ONG Ponto Terra e ex-secretário municipal de Meio Ambiente foi conclusivo: “Ter acesso a qualquer informação transformadora é melhor que assistir BBB”. Já o atual secretário-adjunto de Meio Ambiente de BH, Vasco Oliveira de Araújo, roubou a cena, pela sua sinceridade e emoção. Segundo ele, esse tipo de informação, ambiental ou ecológica, só se efetiva na cabeça das pessoas transportando-as para uma nova visão de mundo se, ao mesmo tempo, ela for capaz de tocar o coração das pessoas:
“Eu não sou especialista no assunto. Sou apenas cirurgião-dentista. Mas o pouco tempo envolvido com a área ambiental me modificou e me motiva de uma maneira profunda e surpreendente. Eu fico super-feliz, por exemplo, em saber que BH já tem 20 mil m2 de área verde por habitante, dois mil a mais do mínimo de qualidade de vida preconizado pela ONU. E de poder contribuir com o nosso prefeito na sua promessa, que vem sendo cumprida, de plantarmos 10.440 novas árvores na região da Pampulha, para compensar o que se tirou de verde ao redor do Mineirão. Acho que  Hugo Werneck também ficaria feliz com esta informação.”

Em tempo: Hugo, a quem a Revista ECOLÓGICO é dedicada e se inspira à cada lua cheia,  também era dentista. E à frente do Centro para a Conservação da Natureza em Minas Gerais, a primeira ONG ambientalista na América Latina que ele criou na companhia de Angelo Machado e Célio Vale, tornou-se um dos “pais” do ambientalismo brasileiro.

Para quem não conhece sua história, esse dentista-ambientalista também formado em amor, significa para Minas, o que Chico Mendes representa para a Amazônia e o país. Ambos, para o mundo.
Próxima Postagem
« Prev Post
Próxima Postagem
Próximo Post »
3 Deixe seu comentário!