Lembrando Hugo

Hugo Werneck costumava dizer,renunciando os louros que tentavam lhe imputar como herói da ecologia: “No fundo, todo ambientalista é um depredador, culpado e arrependido do seu passado, que hoje consciente e por obrigação tenta compensar o que já fez de errado à natureza”. Pois foi o que confirmou o presidente do Sistema Fecomércio Minas, Lázaro Luiz Gonzada. Logo após a abertura oficial do ICLEI no Sesc-Palladium, que também preside, ele comentou com humor e sinceridade:
“Pela legislação atual, diante da quantidade de passarinhos e bichos que já matei numa época em que não existia a consciência ambiental de hoje, eu e quase toda a minha geração teríamos de pegar prisão perpétua”. 

Foto: Fecomércio MG/Ascom

Receita mineira

Ainda repercute a passagem relâmpago da presidente mundial da Anglo American, Cynthia Carol, por BH, preocupada com o atraso de implantação já de três anos do projeto Minas-Rio, em Conceição de Mato Dentro, por questões de licenciamento socioambiental. Eleito como o primeiro empreendimento minerário na história ambiental de Minas pensado como “modelo” em sustentabilidade, ele foi concebido com diálogo e participação parceira tanto dos políticos e técnicos “verdes” do governo, como das ONGs ambientais sérias do Estado. É este o mesmo e simples caminho - advertem unânimes - que a empresa tem de refazer mineiramente para recuperar o tempo perdido e fazer valer os mais de US$ 8 bilhões empreendidos pelos seus acionistas.
Foto: VISMEDIA

General da Banda

Quem diria! O velho e impagável “General da Banda”, como era conhecido o jornalista mineiro Célius Aulicus, virou nome de Avenida em BH. Segundo projeto-de-lei de autoria do vereador Tarcísio Caixeta, promulgado no último dia 25 de junho, pelo prefeito Márcio Lacerda, a Avenida 1.934, código 111.596, no Bairro Belmonte, passa a se chamar Célius Aulicus Jardim. A turma toda que conviveu com o jornalista considerado “reserva moral e ética” do jornalismo mineiro, já está marcando uma visita ao local, para “bebemorar” o fato, como ele deve estar esperando. Eles só temem que o seu espírito copydesk e raivoso que era, descubra a falta do “Gomes” no seu sobrenome.  
Foto: Arquivo Pessoal

Nhá Chica

A “Serva de Deus”, como era conhecida, viveu e morreu em Baependi, no sul de Minas, a venerável Francisca de Paula de Jesus será finalmente beatificada pelo Papa Bento XVI. Coincidência: a reunião no Vaticano da Comissão de Cardeais que estudaram e confirmaram um milagre atribuído à Padroeira dos Pobres aconteceu no último cinco de junho, “Dia Mundial do Meio Ambiente”.

Foto: Carlos Roberto Lopes

Homenagem energética

Celso Castilho, ex-secretário de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável do Governo Itamar Franco, foi um dos ex-titulares da Semad homenageados pela Cemig, durante o lançamento do livro “Águas da Luz e da Vida – Memória Ambiental”, ao lado de Tilden Santiago, Paulino Cícero e José Carlos Carvalho. Ele recebeu a placa de reconhecimento das mãos do diretor de Geração e Transmissão da Cemig, Luiz Henrique de Castro Carvalho. 
Foto: Divulgação Cemig

Gabeira, de volta

Fernando Gabeira já deixou a política e está de volta ao jornalismo verde, do qual foi um dos pioneiros. Seu programa de estréia – “0 Capital Natural” – o ocorreu no último dia 16, às 21h30m, transmitido pelo Bandnews TV para todo o Brasil e também no exterior, através do Bandnews Internacional.  As reprises acontecem aos domingos em dois horários (15 e 21h30m), além de programetes em horários rotativos, de segundas às sextas-feiras. Seja bem-vindo, companheiro! Foto: Divulgação

Presenças femininas

A primeira dama de BH, Regina Lacerda, e Reta Jo Lewis, representante da secretária de Estado dos EUA, Hillary Clinton, também marcaram presença no Iclei. Esta foi a segunda vinda de Lewis a BH: “É raro poder participar de um encontro como este que reúne tantas esperanças reais. Me sinto uma privilegiada”, ressaltou.

Foto: Fernanda Mann

Samarco A+

A 10ª edição do Relatório Anual de Sustentabilidade da Samarco recebeu a classificação A+, a maior nota possível pela Global Reporting Initiative (GRI), entidade internacional que estabelece as diretrizes mundialmente para a sua elaboração. Segundo a gerente-geral de Comunicação e Desenvolvimento Socioinstitucional da Samarco, Juliana Machado (foto), esta conquista endossa o compromisso da empresa: “Estamos no caminho certo”.

Foto: Divulgação Samarco