Receita mineira

Ainda repercute a passagem relâmpago da presidente mundial da Anglo American, Cynthia Carol, por BH, preocupada com o atraso de implantação já de três anos do projeto Minas-Rio, em Conceição de Mato Dentro, por questões de licenciamento socioambiental. Eleito como o primeiro empreendimento minerário na história ambiental de Minas pensado como “modelo” em sustentabilidade, ele foi concebido com diálogo e participação parceira tanto dos políticos e técnicos “verdes” do governo, como das ONGs ambientais sérias do Estado. É este o mesmo e simples caminho - advertem unânimes - que a empresa tem de refazer mineiramente para recuperar o tempo perdido e fazer valer os mais de US$ 8 bilhões empreendidos pelos seus acionistas.
Foto: VISMEDIA
Próxima Postagem
« Prev Post
Próxima Postagem
Próximo Post »
0 Deixe seu comentário!