Lembrando Hugo

Hugo Werneck costumava dizer,renunciando os louros que tentavam lhe imputar como herói da ecologia: “No fundo, todo ambientalista é um depredador, culpado e arrependido do seu passado, que hoje consciente e por obrigação tenta compensar o que já fez de errado à natureza”. Pois foi o que confirmou o presidente do Sistema Fecomércio Minas, Lázaro Luiz Gonzada. Logo após a abertura oficial do ICLEI no Sesc-Palladium, que também preside, ele comentou com humor e sinceridade:
“Pela legislação atual, diante da quantidade de passarinhos e bichos que já matei numa época em que não existia a consciência ambiental de hoje, eu e quase toda a minha geração teríamos de pegar prisão perpétua”. 

Foto: Fecomércio MG/Ascom
Próxima Postagem
« Prev Post
Próxima Postagem
Próximo Post »
0 Deixe seu comentário!